SKETCHUP

Grupo e componente, qual a diferença?

Grupo e componente, qual a diferença? Tem gente que não se importa, mas saber a diferença pode aumentar, e muito, a sua produtividade. Aprenda agora!

Escolher entre criar um grupo ou criar um componente no Sketchup pode garantir uma maior velocidade de trabalho, arquivos mais leves e uma série de benefícios que poucos sabem aproveitar, então vamos entender quais as diferenças e benefícios de cada um deles.

GRUPOS

O Sketchup tem um processo inteligente de “aderência” sendo que quando linhas e faces se cruzam elas passam a ser um mesmo objeto, porém em alguns momentos você precisa que determinado conjunto de linhas e faces sejam um objeto e outro conjunto de linhas e faces sejam um outro objeto.

grupo-e-componente

No Sketchup, basta que um conjunto de objetos encoste no outro que o Sketchup já entende que eles são uma coisa só. Então o que fazer? Simples, é só transformar em Grupo. Este processo permite que você consiga deixar objetos encostados sem que eles “grudem” uns nos outros.

Para transformar um conjunto de objetos em um grupo no Sketchup é muito simples, basta selecionar os objetos desejados, clicar com o botão direito do mouse e escolher a opção Criar Grupo.

grupo-e-componente

Observe que logo após criar o grupo a forma de seleção muda onde passamos a ter um cubo azul ao redor do conjunto de objetos transformado em grupo, desta forma o Sketchup entende esse “agrupamento” como um objeto único.

grupo-e-componente

Mas e se eu quiser editar um grupo, como eu faço?

Basta selecionar o grupo desejado e clicar duas vezes, desta forma você entra no modo de edição, onde todas linhas e faces do objeto agrupado são exibidas dentro de um cubo pontilhado. Note que os demais objetos que não fazem parte do grupo passam a ficar com uma cor esverdeada. Agora todas as linhas e faces do grupo estão acessíveis para que você faça a edição que julgar necessária.

grupo-e-componente

Ao finalizar a edição basta pressionar Esc ou dar um clique fora da área do cubo pontilhado.

Também é possível criar grupos dentro de grupos, o que costumamos chamar de subgrupos. Por exemplo, uma cadeira é um grupo, já a estrutura de madeira da cadeira e o estofado são dois subgrupos diferentes.

grupo-e-componente

Não há limite para a quantidade de subgrupos podem ser criados, mas uma quantidade exagerada de “grupos dentro de grupos”, pode deixar o seu modelo confuso, ou dificultar o acesso a determinado componente, já que será necessário ficar clicando “duas vezes” no grupo, e depois duas vezes no subgrupo, depois duas vezes no subgrupo do subgrupo e por aí vai.

Depois de criado o grupo eu consigo desagrupar?

Claro, basta clicar com o botão direito sobre o grupo e escolher a opção Desassociar que o grupo é desfeito.

grupo-e-componente

Você pode criar e desassociar grupos sempre que achar necessário, não há uma regra, afinal o objetivo deste recurso é facilitar a sua vida. Inclusive, os objetos que você quer agrupar não precisam estar encostados, basta tomar cuidado de selecioná-los corretamente.

grupo-e-componente

O processo de trabalho com grupos é bastante simples e versátil, permitindo grande facilidade na organização do seu trabalho.

Mas e a opção Componente?

Vamos entender quais as vantagens e diferenças de se trabalhar com componentes o Sketchup.

COMPONENTE

Para transformar um conjunto de objetos em um componente no Sketchup é muito simples, basta selecionar os objetos desejados, clicar com o botão direito do mouse e escolher a opção Criar Componente.

grupo-e-componente

Aqui começamos a notar algumas diferenças, onde a janela Criar Componente é exibida e podemos dar um nome para este conjunto de objetos, uma descrição e fazer algumas configurações de alinhamento (que explicarei em outra publicação). Após dar um nome (e se quiser uma descrição) pode clicar em Criar.

grupo-e-componente

Visualmente você não notará nenhuma diferença. E basicamente não há, já que um componente cumpre a mesma função de um Grupo, ele agrupa linhas e faces em um único objeto. Inclusive o processo de edição é o mesmo, basta clicar duas vezes sobre o objeto.

Ah, mas se faz a mesma coisa que um grupo pra que eu vou querer usar Componentes?

Um componente tem algumas funcionalidades adicionais em relação aos grupos, agilizando o processo de organização e edição do seu projeto. Vamos entender quais são eles.

GRUPO VERSUS COMPONENTE

Como exemplo temos duas cadeiras, sendo que a da esquerda é um Grupo e a da direita um Componente.

grupo-e-componente

A primeira vantagem que um Componente tem em cima de um grupo é a organização. Se você for até a Bandeja Padrão e localizar o menu suspenso Estrutura irá observar que quando temos um objeto agrupado o mesmo é exibido simplesmente como Agrupar, independente do tipo e quantidade de grupos, todos sempre terão o nome Agrupar. Já o Componente tem o seu nome exibido, o que facilita muito a sua localização. Observe que o ícone de um grupo e de um componente são diferentes.

grupo-e-componente

Outra vantagem da organização é no caso de subgrupos. No grupo um subgrupo também tem o nome de agrupar. Já no caso do Componente se você tomar o cuidado de nomear corretamente seus componentes a organização é muito mais clara e precisa.

grupo-e-componente

Inclusive é possível selecionar o subgrupo desejado, ao invés de ficar “clicando duas vezes” até chegar no subgrupo desejado.

grupo-e-componente

Outra vantagem é no processo de edição de múltiplos objetos. Vamos imaginar outra situação, onde eu tenho várias cópias da um objeto e preciso alterar algum detalhe como a altura, por exemplo. Se todas as cópias forem grupos eu terei que editar cada uma das cadeiras individualmente.

grupo-e-componente

Agora se as cópias forem componentes eu posso alterar qualquer uma das cadeiras que as demais serão atualizadas, agilizando muito este processo.

grupo-e-componente

Mas e se eu quiser que uma das cadeiras fique com uma cor diferente das demais?

Neste caso, você deve clicar com o botão direito e escolher a opção Tornar Único, isso faz com que está cadeira passe a ser um componente novo, totalmente independente dos demais.

grupo-e-componente

Se você observar na Bandeja Padrão, no menu Componentes, terá um novo componente, onde para diferenciar dos demais o Sketchup insere um #1. Neste caso ficou como Cadeira#1.

grupo-e-componente

Outro recurso prático é utilizar o Menu Componente dentro da Bandeja Padrão. Caso os componentes não estejam sendo exibidos na lista basta clicar no ícone No modelo (ícone da casinha).

grupo-e-componente

O processo é bem simples, basta clicar sobre o componente desejado e mover o mouse para o local onde você deseja inserir o componente, que o mesmo já estará junto do cursor do mouse.

grupo-e-componente

Outro benefício do Componente é a possibilidade de você modificar o eixo, isso altera o ponto de inserção do modelo, o local por onde você “segura” o componente. Por padrão este ponto é criado na face inferior, bem no canto, porém em alguns casos seria mais vantajoso posicionar em outro lugar.

Pensando neste problema o Sketchup permite que você possa modificar o Eixo do componente, escolhendo o local mais adequado do seu ponto de inserção.

Para isso basta clicar com o botão direito sobre o componente e escolher a opção Modificar Eixo.

grupo-e-componente

Após o clique perceba que o ícone de Eixo está posicionado junto ao cursor do mouse, basta você clicar escolhendo o novo ponto de inserção e na sequência indicar os eixos X (em vermelho) e o eixo Y (em verde).

grupo-e-componente

Desta forma quando você for inserir novamente o Componente o seu ponto de inserção estará posicionado no local desejado.

Por fim um outro recurso que será apenas apresentado aqui (isso será detalhado em outras publicações) é sobre a possibilidade da criação de componentes dinâmicos, onde é possível agregar funcionalidades ao Componente além do simples recurso de agrupar linhas e faces.

Existem diversas funcionalidades desde esticar sem distorcer, mudar as cores e texturas, indo até a possibilidade de ao clicar sobre uma porta ela se abrir em ângulos pré determinados.

grupo-e-componente

Tem como eu transformar um grupo em um componente?

Tem sim, basta clicar com o botão direito sobre um grupo e escolher a opção Criar Componente, que o grupo é imediatamente convertido.

grupo-e-componente

Quanto ao nome é possível renomeá-lo através do menu Componente dentro da Bandeja Padrão. O Sketchup se encarrega de criar um nome genérico. recomendo que sempre edite o nome para não ter o trabalho de ficar procurando na lista.

grupo-e-componente

Mas quando eu devo usar um grupo e quando eu devo usar um componente?

Particularmente eu utilizo grupo para objetos de menor importância e para edições rápidas. Dependendo do modelo que estiver sendo criado leva um certo tempo até se chegar no resultado final, por exemplo um armário de cozinha planejado. depois que eu finalizo todos os itens do armário eu volto convertendo em componente e renomeando conforme acho melhor.

Porém isso acaba sendo muito pessoal, cada um tem seu processo de trabalho ou sistema de organização. Espero que isso ajude a entender melhor as vantagens e desvantagens no uso de Grupo ou Componente.

Gostaram? Curtam nossa página! Facebook!

Participem do nosso grupo! Grupo QualifiCAD!

Dúvidas? Comentem!

Autor

Luis André

Luis André

LUIS ANDRÉ é Designer Industrial, Arquiteto e Ilustrador nas horas vagas. Graduado em Design Industrial, Arquitetura e Urbanismo e mestrando em BIM (Modelagem da Informação da Construção). Atua como arquiteto na construção civil e também é professor em um Centro de Treinamento Autorizado Autodesk (ATC).
Criou o blog para compartilhar conhecimento e aprimorar iniciantes ou profissionais quanto aos diversos recursos do AutoCAD, REVIT e SKETCHUP.

3 Comentários

  1. Mário Lúcio Neto
    11 de janeiro de 2017 at 14:29 — Responder

    Parabéns Luis André!
    Excelente artigo sobre estas funções no Sketchup.
    Continue assim…

  2. Victor Hugo
    18 de janeiro de 2017 at 22:20 — Responder

    Muito bem explicado.
    Parabéns!
    Fico aguardando mais postagens suas.

  3. 13 de abril de 2017 at 16:51 — Responder

    Bela aula. VALEU!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *