AUTOCADORGANIZAÇÃOSOLUÇÃO DE PROBLEMAS

Remover linhas sobrepostas

Remover linhas sobrepostas ou duplicadas pode ser a solução para quando seu projeto esta uma completa zona! Mas é preciso alguns cuidados para não perder objetos importantes. Aprenda agora!

Profissionais experientes sabem que existe uma regra não escrita muito importante no AutoCAD. Nunca, mas NUNCA deixe seu desenho com linhas sobrepostas.

Nossa, mas porque isso?

Além da questão da organização, provavelmente você terá problemas de impressão. No AutoCAD para configurarmos o peso gráfico do projeto podemos utilizar um processo baseado em cores, onde cada cor representa uma determinada espessura.

remover-objetos-sobrepostos

Agora imagine um detalhe que precisa ficar com uma linha fina e você por acidente deixou uma linha por baixo na qual foi configurada para ser impressa em uma espessura grossa. Pronto! Dor de cabeça instantânea!

remover-objetos-sobrepostos

Se a linha fosse da mesma cor não teríamos este problema, mas ainda assim seria uma linha desnecessária. Multiplique e distribua essas linhas “escondidas” pelo seu projeto todo e você descobrirá porque um projeto pequeno e simples está tão pesado!

Para isso o AutoCAD disponibiliza a ferramenta Overkill que apaga linhas sobrepostas ou duplicadas. Mas é preciso tomar cuidado com o uso dessa ferramenta para não apagar objetos que são importantes para você.

COMANDO OVERKILL

Para acessar o comando vá até a aba Home, painel Modify e no submenu você terá acesso ao comando Overkill (ou digite overkill e pressione enter).

remover-objetos-sobrepostos

Após ativar o comando basta selecionar o projeto todo ou a área desejada e pressionar enter.

remover-objetos-sobrepostos

Ao pressionar enter você será direcionado a janela Delete Duplicate Objects (Deletar objetos duplicados). Aqui é possível estabelecer alguns critérios antes da “limpeza”.

remover-objetos-sobrepostos

No primeiro campo de Object Comparison Settings, temos o campo Tolerance, onde estabelece o critério da tolerância de sobreposição. Em alguns casos pode acontecer da linha não estar exatamente sobreposta, mas muito próxima.

remover-objetos-sobrepostos

Desta forma, para saber quando ignorar ou considerar esta linha no processo de limpeza é possível determinar uma tolerância que nada mais é do que uma margem de precisão. Observe que o valor é bem pequeno, desta forma os objetos devem estar sobrepostos de forma praticamente exata!

Na sequência temos o campo Ingnore Object Properties (Ignorar propriedades dos objetos) onde você pode escolher quais os tipos de objetos quer que sejam ignorados, sendo assim eles não serão excluídos.

remover-objetos-sobrepostos

Na última parte temos o campo Options (Opções) onde temos algumas alternativas de configuração, vamos entende-las.

remover-objetos-sobrepostos

Optimize segments within polylines (Otimizar segmentos dentro das polylines): uma polilinha basicamente é composta por segmentos de linhas unidos por grips (quadradinhos azuis) e caso o comando Overkill encontre grips desnecessários eles serão apagados.

remover-objetos-sobrepostos

Ainda temos dois sub-campos disponíveis, sendo:

  • Ignore Polyline Segment Width (Ignorar largura do segmento da polilinha): ignora a espessura e otimiza seus segmentos.
  • Do Not Break Polylines (Não quebrar polilines): Polylines permanecem inalteradas.

Na sequência temos alguns campos que por padrão já vem habilitados:

  • Combine Collinear Objects That Partially Overlap (Combinada objetos colineares que se sobrepõem parcialmente): objetos sobrepostos são combinados em um único objeto.
  • Combine Collinear Objects When Aligned End to End (Combinada objetos colineares com grips alinhados): Objetos que tem endpoints sobrepostos são combinados em um único objeto.
  • Maintain Associative Objects (Manter objetos associativos): Objetos associativos não são apagados.

Certo, o que eu configuro aqui então?

Eu particularmente não faço nenhuma alteração. Se você clicar em Ok o comando roda e faz a limpeza do arquivo, exibindo na linha de comando quantos objetos foram apagados. Não se assuste se passar de mil, alias isso é bem comum.

remover-objetos-sobrepostos

Porém, isso vai variar muito da sua necessidade, eu particularmente não costumo fazer alterações, mas para isso eu tomo alguns cuidados que podem ser adotados independente da sua necessidade.

CUIDADOS COM O COMANDO OVERKILL

Acredito que o primeiro seja não use o overkill no projeto inteiro de uma vez só, faça por etapas.

O comando é bem prático, porém você não tem um controle preciso do que vai ou não vai ser apagado. Imagine uma situação com três linhas uma em cima da outra (vermelho, verde e amarelo).

remover-objetos-sobrepostos

Quais serão apagadas e qual que irá ficar no projeto? Acho que isso resume bem o problema. Mas se você se concentrar em pequenas áreas, fica mais fácil identificar se o comando apagou objetos importantes e desfazer o comando antes que seja tarde.

Outro cuidado. Salve seu arquivo antes de usar o overkill. As vezes seu projeto está tão carregado de linhas sobrepostas que o comando não da conta da “Faxina” e da erro. Queremos limpar o arquivo e não entrar em modo de autodestruição. rs!

remover-objetos-sobrepostos

E uma última dica é salvar uma cópia do arquivo como segurança. Caso perceba posteriormente que perdeu algo importante é só resgatar no arquivo antigo.

remover-objetos-sobrepostos

Espero que estas dicas ajudem a você fazer aquela “faxina” no seu arquivo e deixá-lo mais leve. Para completar a faxina veja outra publicação que pode lhe ajudar:

Purge – Limpando seu arquivo

Gostaram? Curtam nossa página! Facebook!

Participem do nosso grupo, tem enquete rolando! Grupo QualifiCAD!

Dúvidas? Comentem!

Autor

Luis André

Luis André

LUIS ANDRÉ é Designer Industrial, Arquiteto e Ilustrador nas horas vagas. Graduado em Design Industrial, Arquitetura e Urbanismo e mestrando em BIM (Modelagem da Informação da Construção). Atua como arquiteto na construção civil e também é professor em um Centro de Treinamento Autorizado Autodesk (ATC).
Criou o blog para compartilhar conhecimento e aprimorar iniciantes ou profissionais quanto aos diversos recursos do AutoCAD, REVIT e SKETCHUP.

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *