BIM

Building Information Modeling – O que é BIM?

Building Information Modeling – O que é BIM? Está é a maior dúvida e também o atual desafio da indústria da construção e se você tem interesse em atuar neste mercado é recomendo que entenda este processo que veio para ficar.

Se você é um profissional que utiliza o Revit provavelmente já ouviu falar do acrônimo BIM ou mesmo seu significado que é Building Information Modeling (Modelagem da Informação da construção).

Mas será que você sabe mesmo o que significa isso?

Definir o que o BIM significa não é tarefa fácil. Minha pesquisa de mestrado foi sobre o ensino do BIM e mesmo hoje, depois de concluir o mestrado, ainda tenho dificuldades em explicar o que é BIM de uma forma simples, mas vou fazer o meu melhor.

Em primeiro lugar, não ache que com uma simples frase é possível definir o BIM, mas entender o que cada palavra (ou letra) quer transmitir pode facilitar o entendimento, então vamos ver o que podemos extrair:

B – BUILDING (CONSTRUÇÃO)

Building-information-modeling-o-que-e

Em uma tradução direta entendemos Building como Construção. Mas o que você entende como construção? Se pegarmos a famosa definição de Leon Battista Alberti temos:

Todo o saber da construção de uma obra consiste e resume-se apenas ao seguinte: dispor os materiais ordenadamente e ligá-los entre si com perícia, sejam eles pedras aparelhadas, argamassa, madeira ou qualquer outro, e obter, a partir deles, tanto quanto é possível, uma estrutura inteira e coesa. Diz-se que é inteiro e coeso tudo aquilo cujas partes não sejam fragmentadas e desconexas, nem colocadas fora de seu lugar, mas se sucedam em coesão e harmonia em toda a extensão das suas linhas.

É esse o sentido que o BIM busca, não é só construído que preocupa, e nem só a forma de construir, mas sim a ação de “reunir e dispor metodicamente das partes de um todo”.

A alma do BIM consiste na a sequência e na organização do entendimento do processo de construção. E todos os envolvidos no projeto devem ter esse mesmo entendimento.

Quando você pensar no Building como Construção, não se limite a pensar em uma obra em si, mas pense também no processo que deve ser “construído” para que a edificação seja efetivamente executada.

Compreendido o significado de construção, vamos a próxima palavra, Information (Informação).

I – INFORMATION (INFORMAÇÃO)

Building-information-modeling-o-que-e

Acredito que a decisão é unanime aqui, Information pode ser traduzida diretamente como Informação. Mas o que devemos entender como informação dentro do BIM?

Se você fizer qualquer pesquisa no Google vai obter um número imenso de resultados, que nada mais são do que informações sobre a sua busca (ou dúvida). Ter todos estes resultados esclarece a sua dúvida? Acredito que não, então o que você tem na verdade é um volume imenso de dados que podem ou não servir para alguma coisa.

Desta forma devemos compreender que no BIM a informação está mais no sentido de disposição e manipulação de dados que devem ser processados e organizados de uma forma compreensível. De fato, qualquer software que opere com o processo BIM oferece meios de adquirir todo tipo de informação referente à construção, materiais e sua disposição, que faz com que a palavra informação seja adequada para o tema.

Legal, mas o que eu faço com essa informação?

Aí está o X da questão. Quando você entende a proposta do BIM como a eficiência com que é trabalhada e compartilhada, a informação se apresenta como o conteúdo, e não como o meio pelo qual se transmite. O processo BIM está cheio de informações, mas não são essas informações que lhe dão sentido e tampouco para elas que o sistema foi pensado.

Para trabalhar a informação podemos recorrer a outra palavra, a Comunicação. Como definem alguns dicionários, o termo comunicação pode ser entendido como uma “prática ou campo de estudo que se debruça sobre a informação, sua transmissão, captação e impacto social”.

A palavra comunicação também significa tornar comum, ou seja, transmitir um pensamento ou uma ideia a uma ou mais pessoas. O que cai como uma luva quando se quer entender o significado do BIM, que podemos definir comunicação da informação como o ato de tornar as informações da construção de entendimento comum a todos os envolvidos no processo construtivo de uma obra.

Chegamos por fim a última palavra, a Modeling (Modelagem).

M – MODELING (Modelagem)

Building-information-modeling-o-que-e

Aqui podemos entrar em uma pequena confusão. Isso acontece porque em diversas publicações é comum você encontrar a palavra Model que podemos traduzir como “modelo”, e também encontrar com a palavra Modeling, que podemos traduzir como “modelagem”.

Enquanto modelo está no contexto do objeto, modelagem sugere ação. Neste último caso, BIM é uma plataforma da ação: coisas acontecem, procedimentos se sucedem, objetos se modificam. Porém não podemos menosprezar o modelo, que pode ser encarado como um projeto, que é capaz de comunicar a todos envolvidos o estágio em que se encontra, oferecendo ferramentas de verificação, confirmação e previsão de problemas.

Segundo o Manual de BIM (leitura obrigatória) temos a afirmação:

BIM é um processo para combinar informação e tecnologia para criar uma representação digital de um projeto que integra dados de muitas fontes e evolui em paralelo com o projeto real em todo o seu ciclo de vida, incluindo desenho, construção e informação operacional em uso.

A representação digital é o modelo, mas não pense que esse modelo é como uma maquete (física ou digital), pois uma maquete é apenas uma representação, que muitas vezes é voltada apenas para uma apresentação.

Um modelo digital desenvolvido em um software BIM consegue comunicar tudo o que um objeto do mundo real poderá ser quando estiver construído, funcionando com uma fonte de dados para compartilhamento, e criar esta fonte de dados é o que podemos chamar de modelagem.

Temos então um modelo que não só funciona como receptáculo de informação e fonte de compartilhamento de dados técnicos dos mais variados campos, mas também se apresenta como uma simulação precisa de uma realidade futura de um objeto do mundo real que ainda não foi construído.

BUILDING INFORMATION MODELING – MODELAGEM DA INFORMAÇÃO DA CONSTRUÇÃO

Building-information-modeling-o-que-e

Apesar de BIM  – Building Information Modeling ter sua tradução popularizada como Modelagem da Informação da Construção (e eu não estou aqui para questionar se é certo ou errado), de um ponto de vista conceitual podemos entender como Processo de comunicação da informação da construção por meio de uma simulação digital compartilhada.

E onde que o Revit entra nisso tudo?

Em primeiro lugar o Revit não é BIM, ele é uma ferramenta de todo um processo de trabalho. Conforme vimos, temos a Construção (Building) que sem mostra tanto como a “obra” como o processo de trabalho, temos também a Informação (Information) que deve não só ser produzida, mas comunicada de maneira eficiente a todos os envolvidos no processo e temos o Modelo/modelagem (Model/Modeling) que nada mais é do que a simulação digital de toda informação que permeará todo o ciclo de vida da obra.

O modelo sim pode ser desenvolvido no Revit. E mesmo assim temos que tomar cuidado, pois o Revit é uma ferramenta, e o que vai proporcionar um bom resultado é o seu correto uso. Diversos profissionais usam o Revit como um software de “maquete eletrônica”. Não que seja um uso errado, mas este não é o seu propósito.

Um software BIM (sim, o Revit não é o único) permite uma sem número de vantagens. Pense em um modelo multidisciplinar, onde toda a informação do projeto é centralizada.

Este mesmo modelo permite que você extraia toda a informação que você precisa, incluindo documentação, simulação, quantificação, entre outros, permitindo executar efetivamente o modelo.

E isso não se resume apenas a execução da obra, mas sim todo o ciclo de vida da edificação, passando por etapas como estudo de viabilidade, estudo preliminar, anteprojeto, projeto, projeto executivo, etc. Conforme o modelo vai passando por estas etapas ele vai se “enriquecendo”, ficando mais preciso e confiável.

Building-information-modeling-o-que-eFonte: http://bim.acca.it – Tradução: QualifiCAD

Se compararmos com um projeto convencional, ele vai se decompondo, onde cada “fragmento” vai para sua respectiva disciplina (Estrutural, Hidráulica, MEP, etc.) e consequentemente começa a ser pensado de forma independente, onde decisões são tomadas e não são comunicadas para os demais envolvidos no mesmo projeto.

Building-information-modeling-o-que-e
.            Fonte: http://bim.acca.it – Tradução: QualifiCAD

Obviamente quando juntamos estes fragmentos teremos uma série de dificuldades para obter um modelo coeso e funcional, gerando uma série de problemas que só poderão ser detectados e solucionados na obra, gerando custos altos e desnecessários.

Trabalhando um Modelo centralizado e compartilhado, estes tipos de problemas são minimizados, gerando uma série de benefícios e vantagens.

O BIM ainda apresenta mais uma série de ferramentas, recursos e conceitos recheados de expressões e significados que serão abordados em publicações específicas, para não deixar esta publicação muito longa e começar a ficar confusa.

Concorda com a definição de BIM apresentada aqui? Discorda? Tem outro ponto de vista?

Comente! Vamos enriquecer este assunto!

REFERÊNCIAS

Para quem quiser aprender mais e saber a fonte do material que serviu de base para esta publicação, seguem algumas referências. Fique à vontade para entrar em contato caso precise de alguma informação adicional.

LIVRO: MANUAL DE BIM: um guia de modelagem da informação da construção para arquitetos, engenheiros, gerentes, construtores e incorporadores.
Autores: Chuck Eastman, Paul Teicholz, Rafael Sacks e Kathleen Liston.

LIVRO: Da arte edificatória.
Autor: Leon Battista Alberti.

DISSERTAÇÃO DE MESTRADO: BUILDING INFORMATION MODELING NO ENSINO DE ARQUITETURA E URBANISMO: Percepção e disseminação do BIM nas Instituições de Ensino Superior do Estado de São Paulo.
Autor: Luis André dos Santos

Link: BUILDING INFORMATION MODELING NO ENSINO DE ARQUITETURA E URBANISMO

Gostou? Assine nossa Newsletter e seja avisado por e-mail quando saírem novas publicações!

Curtam nossa página! Facebook! E não esqueça de fazer uma avaliação da página!

Participem do nosso grupo! Grupo QualifiCAD

Autor

Luis André

Luis André

Fundador do QualifiCAD, arquiteto, designer de produto, mestre em arquitetura, apaixonado por tecnologia, softwares de arquitetura e maquetes eletrônica. É leitor de quadrinhos e ilustrador nas horas vagas, mas ocupa quase todo tempo produzindo conteúdo para o site. Mas ama fazer isso!

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *