MODELAGEMPROBLEMAS COMUNSREVIT

Plano inclinado no revit

Plano inclinado no Revit é um recurso muito simples que pode resolver grandes problemas do seu projeto. Aprenda agora!

Em algum momento você vai precisar trabalhar com um plano inclinado no seu projeto. Seja um pequeno declive do seu terreno, uma rampa de garagem ou mesmo um forro acompanhando a inclinação do telhado,  então temos que saber de que forma solucionar este problema.

Acho que a primeira coisa a se deixar claro aqui, são as diferenças entre o uso deste processo e o uso da ferramenta Rampa. A ferramenta rampa tem um sistema de cálculo de inclinação diferente, onde podemos trabalhar com um percentual de inclinação, patamares para descanso, itens muito mais comum quando precisamos atender a normas de acessibilidade (NBR 9050).

Inclusive a ferramenta rampa já insere (se você desejar) o guarda-corpo nas laterais da rampa. Se quiser aprender mais sobre a ferramenta Rampa veja a publicação abaixo:

RAMPA ACESSÍVEL NBR9050

Voltando a ferramenta plano inclinado, no Revit podemos gerar planos inclinados para os seguintes objetos:

  • Pisos
  • Pisos estruturais
  • Forros
  • Telhados
  • Plataformas de construção
  • Sofitos (aquele acabamento em baixo beiral do telhado)

Apesar de serem ferramentas bem diferentes, todas tem algo em comum, o seu processo de modelagem. Todos estes objetos são modelados dentro do modo de croqui.

No modo de croqui temos uma aba de contexto (que varia de acordo com a ferramenta, é claro) que exibe uma série de ferramentas de desenho (linhas e outras formas geométricas).

plano-inclinado

Em geral, podemos considerar que o critério é simples aqui. Desenhar um perímetro fechado e depois finalizar. Porém, para as ferramentas apresentadas acima, temos um recurso extra além das ferramentas de desenho, que é a opção Seta de inclinação.

plano-inclinado

A ferramenta Seta de inclinação, como o próprio nome já diz, permite definirmos uma inclinação para o plano que estamos desenhando. O processo é bem simples, são dois cliques e a seta esta colocada.

plano-inclinado

Certo, entendido a criação da seta, vamos entender como configurar esta inclinação. Deixe a seta selecionada e vamos observar as opções dentro da janela Propriedades.

Por padrão, a ferramenta Seta de inclinação vem ativada com a opção Altura na extremidade final, porém é possível alterar para Inclinação.

plano-inclinado

Vamos aprender a configurar as duas opções.

ALTURA NA EXTREMIDADE FINAL

Aqui precisamos entender o comportamento da seta em relação as informações que vamos trabalhar. Deslocamento da altura na extremidade final corresponde ao início da linha de seta e Deslocamento da altura na extremidade inicial corresponde a ponta da seta.

plano-inclinado

A opção Altura na extremidade final permite que você defina a altura inicial e a altura final do plano inclinado. Mantenha a seta de inclinação selecionada e na aba Propriedades observe que temos alguns campos para efetuarmos alterações, onde podemos agrupar as ferramentas em pares:

Nível de extremidade final e Deslocamento de altura na extremidade final: Aqui você pode definir em qual nível o plano inclinado finaliza (sendo padrão correspondente ao nível atual) e qual a altura total que o plano atende.

plano-inclinado

Nível de extremidade inicial e Deslocamento de altura na extremidade inicial: Aqui você pode definir em qual nível o plano inclinado se inicia (sendo padrão correspondente ao nível atual). O mais comum é começar com o valor zero, principalmente em pisos, afinal, não queremos um degrau desnecessário. Mas em outras situações pode ser que você precise disso (forros, telhados, etc) então basta indicar o valor correspondente a altura que o plano atende.

plano-inclinado

Observe que em nenhum momento entramos com a informação de percentual de inclinação, o que acaba sendo bem rápido de se configurar, afinal, você simplesmente indica a altura que o plano inclinado começa e a altura que o plano termina, simples assim.

INCLINAÇÃO

Apesar de ser bem prática a opção Altura na extremidade final, em alguns casos precisamos trabalhar com uma inclinação específica, por exemplo, com a informação em graus ou porcentagem . Para isso podemos recorrer a opção de Inclinação.

Alterado o campo Especificar para Inclinação, temos agora um campo extra disponível para uso, no caso o campo Inclinação.

plano-inclinadoAntes de fazermos qualquer alteração temos uma informação importante aqui, no caso a unidade. Observe que, no meu caso, a informação está em graus. Se quiser entrar com o valor percentual, digite o valor seguido do simbolo de porcentagem (%), fazendo isso o valor é convertido para graus, porém respeitando a porcentagem de inclinação desejada.

Ah, mas eu queria que o valor padrão fosse porcentagem!

Neste caso é necessário alterar a unidade do arquivo. Digite UN e na janela Unidades de projeto, localize o campo Inclinação e altere para Percentual.

plano-inclinado

Agora é só inserir o percentual desejado. Observe que os campos Nível de extremidade inicial e Deslocamento de altura na extremidade final ainda estão disponíveis, então se for necessário faça as alterações desejadas. Ao finalizar é só concluir a criação da geometria e sair do modo croqui.

plano-inclinado

Um aspecto interessante aqui é que a partir do momento em que o plano inclinado é criado (no exemplo, foi um piso) após finalizar a ferramenta e selecionar o objeto, em suas propriedades temos acesso ao campo de Inclinação, o que permite que você possa fazer alterações no objeto sem a necessidade de entrar no modo de edição.

plano-inclinado

Pronto! Agora você já pode trabalhar tranquilamente com planos inclinados em seu projeto, chega de sofrimento!

Gostou? Assine nossa Newsletter e seja avisado por e-mail quando saírem novas publicações!

Gostaram? Curtam nossa página! Facebook! E não esqueça de fazer uma avaliação da página!

Participem do nosso grupo! Grupo QualifiCAD

Dúvidas? Comentem!

Autor

Luis André

Luis André

Fundador do QualifiCAD, arquiteto, designer de produto, mestre em arquitetura, apaixonado por tecnologia, softwares de arquitetura e maquetes eletrônica. É leitor de quadrinhos e ilustrador nas horas vagas, mas ocupa quase todo tempo produzindo conteúdo para o site. Mas ama fazer isso!

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *