MODELAGEMFAMÍLIASREVIT

Criar perfil de varredura personalizado

Criar um perfil de varredura personalizado vai ampliar seu leque de possibilidades para a criação de rodapés, sancas, calhas, guarda-corpos e diversas outras aplicações no Revit! Aprenda agora!

De início, vamos esclarecer alguns pontos, sendo o primeiro o que é um perfil? Perfil é uma representação bidimensional (2D) que podemos aplicar uma extrusão.

Mas o que é uma extrusão?

É quando convertemos este perfil bidimensional (2D) em um objeto tridimensional (3D) ao longo de um caminho, preservando a sua forma original por toda a sua extensão. Por exemplo uma calha em um telhado.

criar-perfil-personalizado

O Revit já tem algumas famílias de perfis, mas em algum momento do seu projeto você vai precisar de um rodapé, sanca ou corrimão personalizado, então como fazer?

É justamente isso que vamos aprender agora!

CRIAR PERFIL PERSONALIZADO

Assim como qualquer elemento do Revit, um perfil é uma família então precisamos criar uma família adequada. Vá até o Menu de aplicação (R azul), clique em Novo e selecione Família.

criar-perfil-personalizado

No navegador, localize o arquivo Perfil métrico.

criar-perfil-personalizado

Após abrir, observe que a interface do programa muda, a interface para a criação de uma família é bem diferente da que estamos acostumados, principalmente o menu Ribbon.

criar-perfil-personalizado

Agora vamos aos primeiros ajustes. É muito normal se utilizar diferentes tipos de unidades de acordo com o tipo de família, por exemplo, para a criação de um perfil, que geralmente é um elemento muito pequeno (em comparação a uma casa, por exemplo) recomendo que trabalhe em milímetros, isso facilitará a modelagem.

modelagem-modelagem-mesclar

Mas isso não vai dar erro quando eu inserir no meu projeto em metros??

Não, não vai. Pode ficar tranquilo, o Revit consegue interpretar muito bem as diferenças de unidade sem alterar as dimensões reais dos objetos. como exemplo, vamos utilizar o perfil de uma calha.

Para quem está acostumado a trabalhar no AutoCAD, aqui vai ser super tranquilo. Como um perfil é um elemento 2D, vamos precisar trabalhar com linhas, círculos, arcos etc. ferramentas bem básicas. Para acessar essas ferramentas você deve ir à aba Criar e no painel Detalhe clicar em Linha.

criar-perfil-personalizado

Após clicar no botão Linhas observe que você foi direcionado para a aba Modificar|Colocar Linhas e agora você tem acesso a todas as ferramentas de que precisa.

criar-perfil-personalizado

Acho que não será necessário explicar muita coisa sobre as ferramentas, onde você tem o painel Desenhar para criar as formas e o painel Modificar para editar as formas criadas.

criar-perfil-personalizado

O desenho de um perfil tem algumas regras simples, onde é necessário que o seu perfil seja perfeitamente fechado, sem linhas sobrepostas e que as linhas não tenham intersecções (transpasses).

criar-perfil-personalizado

Você até consegue salvar a família que tenha esses problemas, porém quando for utilizá-la em seu projeto o Revit irá exibir uma mensagem de erro.

criar-perfil-personalizado

Dependendo do perfil que você for desenhar isso pode levar um certo tempo (assim como levaria no AutoCAD), para agilizar o processo, podemos recorrer a duas opções:

  • Desenhar o perfil em cima de uma imagem.
  • Desenhar o perfil em cima de um arquivo DWG.

DESENHAR UM PERFIL EM CIMA UMA IMAGEM

Para facilitar o seu trabalho, você pode importar uma imagem para o Revit e desenhar por cima. Este processo não tem muita precisão, porém dá um pouco mais de velocidade para o desenho.

Para importar a imagem vá até a aba Inserir, painel Importar e clique em Imagem.

criar-perfil-personalizado

Antes mesmo de procurar a imagem você receberá um alerta.

criar-perfil-personalizado

O que acontece é o seguinte: apesar da imagem não aparecer, o Revit “contabiliza” a imagem, ou seja, se a imagem tiver 10 mb, os mesmos serão acrescentados ao seu arquivo, porém não aparecerão. Então a melhor coisa a se fazer é assim que finalizar o desenho por cima da imagem, deletar a imagem. Pode clicar em fechar.

Localize a imagem desejada e clique em Abrir.

criar-perfil-personalizado

Clique em qualquer lugar da tela para inserir a imagem. Não se preocupe com o seu tamanho, vamos corrigir isso.

criar-perfil-personalizado

Agora precisamos redimensionar a imagem. Selecione a imagem e vá até a aba Modificar|Imagens Raster e no painel Modificar clique em Escala.

criar-perfil-personalizado

O processo é bem simples. Escolha uma linha como referência (você precisar saber o tamanho real desta linha). Clique onde a linha começa e depois clique onde a linha termina, em seguida digite o tamanho desejado para a linha.

criar-perfil-personalizado

Corrigido o tamanho basta desenhar por cima da imagem. Lembrando que você não vai conseguir uma precisão muito fiel, em função da qualidade da imagem, distorções, etc. Portanto o recomendado é que mesmo com uma imagem de referência, você saiba as dimensões reais do objeto na qual esta desenhando.

A primeira coisa que recomendo fazer é fixar a imagem no local, evitando que a mesma seja movimentada acidentalmente durante a modelagem. Selecione a imagem e na aba Modificar|Imagens Raster, localize no painel modificar a ferramenta Fixar. Basta clicar sobre a ferramenta que um “alfinete” é colocado na imagem.

criar-perfil-personalizado

Quanto à etapa de elaborar o desenho, não há muitas dicas para passar, é mão na massa mesmo!

Ao finalizar não esqueça de deletar a imagem, mas antes disso remova o alfinete, clicando sobre o mesmo.

criar-perfil-personalizado

Agora vamos ao posicionamento da imagem. Você deve ter notado que ao abrir o arquivo nos deparamos com dois planos de referência cruzados, sendo que a intersecção dos pontos corresponde a coordenada zero.

Não entendi nada, o que isso quer dizer?

Simples, a ideia não é que a calha fique encostada no telhado? Então, para que isso aconteça você deve posicionar o seu desenho alinhado em relação ao encontro das duas linhas, isso vai te poupar o trabalho de ficar reposicionando a calha (ou o objeto que você desenhar) no seu projeto. Posicione da maneira que for mais conveniente para o seu projeto.

O processo é bem simples. Selecione todos os objetos que compõem o seu desenho e na aba Modificar|Linhas clique na ferramenta Mover.

criar-perfil-personalizado

Agora é só posicionar corretamente.

criar-perfil-personalizado

Uma dica importante. Ao finalizar já é possível carregar este perfil no seu projeto para que ele seja usado, porém nunca esqueça de salvá-lo antes de fazer isso.

Mas por que? Faz alguma diferença?

Faz, e muita! A partir do momento que o perfil é carregado o Revit usa o nome do arquivo do perfil, ou seja, ao invés de procurar por um nome mais objetivo, você terá o nome Família1. E seu projeto começa a ficar um caos! Então, agora que você finalizou o desenho, vá até o Menu de Aplicação (R Azul) clique em Salvar como e selecione Família.

criar-perfil-personalizado

Agora vamos à segunda opção, importar um arquivo do AutoCAD e desenhar por cima.

DESENHAR UM PERFIL EM CIMA UM ARQUIVO DWG

O Revit interpreta arquivos dwg muito bem, identificando linhas e outras entidades geométricas, além do desenho ficar muito preciso. Para importar a imagem vá até a aba Inserir, painel Importar e clique em Importar CAD.

criar-perfil-personalizado

No navegador localize o arquivo e antes de clicar observe que existem algumas opções que podem ser configuradas na parte inferior.

criar-perfil-personalizado

Vou dar um breve resumo das configurações:

  • Cores: Como no AutoCAD temos uma tela preta e no Revit uma branca, é possível preservar, inverter ou deixar as cores em preto e branco.
  • Camadas/Níveis: Você pode definir se vai importar todas as camadas ou somente as camadas desejadas.
  • Unidade de importação: Recomendo que não deixe como Autodetectar, indique a unidade que você está trabalhando (metro, centímetro, etc).
  • Posicionamento: Também recomendo cuidado, já que o Revit ira alinhas a coordenada absoluta do AutoCAD em relação a coordenada absoluta do Revit (a intersecção dos planos de referência). Eu costumo usar a opção Manual origem e defino manualmente o lugar em que desejo posicionar o desenho
  • Colocar em: Como estamos em uma família bidimensional não há o que editar aqui.

Resumindo, não esqueça de inserir a unidade de importação e alterar o posicionamento para Manual-Origem. Ao finalizar, pode clicar em Abrir.

Para inserir o desenho você pode clicar no lugar da tela que desejar.

criar-perfil-personalizado

Agora você pode utilizar as ferramentas de desenho e desenhar por cima do arquivo importado. Neste caso vou sugerir que utilize a ferramenta Selecionar linhas.

criar-perfil-personalizado

Esta ferramenta permite que ao clicar em uma linha do arquivo importado, seja criada uma linha correspondente no Revit, agilizando muito o trabalho.

criar-perfil-personalizado

Não esqueça de excluir o arquivo importado do AutoCAD.

Outra opção é que quando inserirmos um arquivo DWG, o mesmo vem de forma similar a um Xref, porém é possível explodir o arquivo fazendo com que o Revit reconheça todas as linhas.

Para isso selecione o arquivo importado e na aba Modificar|Importações nas famílias, basta clicar no botão Explodir.

criar-perfil-personalizado

Agora todas as linhas fazem parte do projeto. Caso exista alguma linha indesejada, basta excluir. Não esqueça de posicionar corretamente e salvar a família.

criar-perfil-personalizado

Pronto! Agora é só carregar no seu projeto e usar!

criar-perfil-personalizado

Gostaram? Curtam nossa página! Facebook!

Participem do nosso grupo! Grupo QualifiCAD!

Dúvidas? Comentem!

Autor

Luis André

Luis André

Fundador do QualifiCAD, arquiteto, designer de produto, mestre em arquitetura, apaixonado por tecnologia, softwares de arquitetura e maquetes eletrônica. É leitor de quadrinhos e ilustrador nas horas vagas, mas ocupa quase todo tempo produzindo conteúdo para o site. Mas ama fazer isso!

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *