RENDERIZAÇÃO & GRÁFICOSREVIT

Materiais da biblioteca de aparência

Os materiais da biblioteca de aparência lhe oferecem um leque incrível de possibilidades para o seu projeto, permitindo utilizar materiais já devidamente configurados! Aprenda agora!

Antes de mais nada, qual a diferença da Biblioteca de aparência e da Biblioteca de materiais? É importantíssimo que você saiba a diferença de ambos para um melhor aproveitamento dos materiais disponíveis e inclusive evitar erros, como estragar um material que já está sendo utilizado.

BIBLIOTECA DE APARÊNCIA X BIBLIOTECA DE MATERIAIS

Quando você acessa o Navegador de materiais, você encontra uma relação de materiais prontos que você utilizar em qualquer família que você precisar.

materiais-da-biblioteca-de-aparência

Estes materiais estão disponíveis dentro do seu arquivo, não sendo necessários carregá-los. Justamente por este motivo, temos poucos materiais, para que seu arquivo não fique pesado demais de forma desnecessária.

Mas para você não ficar na mão o Revit disponibiliza uma Biblioteca de materiais, que é instalada junto do Revit. Para acessá-la, você deve clicar no botão Exibe/Oculta o painel da biblioteca, disponível no campo superior.

materiais-da-biblioteca-de-aparência

A Biblioteca é exibida na parte inferior, com uma vasta lista de materiais para você utilizar.

materiais-da-biblioteca-de-aparência

Na lateral esquerda você pode selecionar os materiais por categorias, agilizando o processo de busca do seu material. A direita você pode visualizar os materiais e selecionar o material desejado.

Lembre-se que estes materiais não estão disponíveis no seu arquivo e sim fora dele, sendo assim você deve carregá-lo para o seu arquivo. Para fazer isso passe o mouse sobre o material desejado que serão exibidas duas setas.

materiais-da-biblioteca-de-aparência

A primeira seta adiciona o material ao seu arquivo. A segunda faz o mesmo, a diferença é que as propriedades e recursos do material selecionado são exibidas no painel a direita.

Certo, mas e a tal biblioteca de aparência?

A biblioteca de aparência tem um conceito diferente da biblioteca de materiais. Para que você possa utilizá-la corretamente, primeiro você tem que entender o que é um material para o Revit.

No Revit um material não se resume apenas a sua aparência estética. Ele tem uma série de propriedades, denominadas Recursos. Todos os recursos de um material são exibidos no painel a direita.

materiais-da-biblioteca-de-aparência

Os recursos disponíveis são: Identidade, Gráficos, Aparência, Físico e Térmico. Não necessariamente um material tem todos estes recursos, por exemplo, ao criar um novo material do zero os recursos Físico e Térmico não estão disponíveis.

Estes recursos são disponibilizados individualmente em uma biblioteca, chamada Navegador de recursos. Para acessá-los vá até a parte inferior esquerda do Navegador de materiais e clique em Abre/Fecha o navegador de recursos.

materiais-da-biblioteca-de-aparência

Observe que a janela Navegador de recursos é exibida separadamente da janela do Navegador de materiais.

materiais-da-biblioteca-de-aparência

Aqui temos uma diferença fundamental no entendimento do uso destes recursos.

O Navegador de recursos não cria novos materiais!!

Hein? Como assim?

Simples. Selecione um material qualquer. Observe que ele é composto por uma série de recursos. Ao acessar a biblioteca de recursos você tem duas opções:

  • Adicionar um recurso que este material não tem.
  • Trocar um recurso existente pelo recurso selecionado.

Para entender melhor o funcionamento da janela Navegador de recursos vamos criar um novo material. Para volte para o Navegador de materiais e no canto inferior esquerdo clique no ícone Criar novo material.

materiais-da-biblioteca-de-aparência

Observe que o novo material é genérico. Não tem nenhuma configuração, principalmente na aba do recurso de Aparência.

materiais-da-biblioteca-de-aparência

Mantenha este material selecionado e clique para ativar o Navegador de Recursos.

materiais-da-biblioteca-de-aparência

Na janela do Navegador de recursos, temos duas colunas. Na esquerda podemos escolher o tipo de recurso e a direita selecionamos o recurso desejado. Observe que temos diversas pastas, mas vamos diretamente para a pasta Biblioteca de aparência.

materiais-da-biblioteca-de-aparência

Aqui você vai encontrar uma lista gigantesca de Recursos de aparência de materiais.

Como assim “Recursos de aparência”?

Entenda que o que você esta vendo aqui não são materiais completos e sim apenas uma “aba do material”, que chamamos de Recurso de aparência. Logo, o que você faz não é criar um novo material e sim substituir uma aba existente pela aba que você escolher. Ou melhor dizendo, você substitui o recurso atual pelo novo recurso.

Desta forma o que acontece não é a criação de um novo material e sim a modificação de um material existente.

Vamos testar, vou escolher um dos primeiros, o Acetinada – Lavanda. Parando o mouse sobre o recurso é exibida uma seta com a mensagem “Substitui o recurso atual no editor por este recurso”.

materiais-da-biblioteca-de-aparência

Você lembra que nós criamos um material básico? Nele a aba de Aparência não possui nenhuma configuração, está com a cor cinza e demais parâmetros desativados.

Clicando na seta a aba Aparência “cinza” será substituída pela aba Acetinada – Lavanda.

materiais-da-biblioteca-de-aparência

Prontinho! Um recurso de aparência todo configurado e pronto para usar!

CUIDADOS COM ESTE PROCESSO

O processo em si é bem simples, basta selecionar o recurso e adicioná-lo ao material selecionado. Mas na verdade essa simplicidade pode virar um problema.

“Como assim?”

Você deve prestar bastante atenção ao material que está selecionado, porque o processo é irreversível.

Imagine que você, por acidente, deixou o material de acabamento das portas do seu projeto e selecionou um recurso de aparência qualquer, por exemplo, vidro.

A partir de agora o material das suas portas terá aparência de vidro, consequentemente todas as suas portas ficarão com esse aspecto também.

Para concertar você vai precisar ou selecionar outro material no Navegador de aparência, ou reconfigurar toda a aparência do seu material, em resumo, uma trabalheira danada!

Um outro detalhe é que as abas são independentes, ou seja, não é porque você selecionou um material como vidro que as demais abas serão atualizadas, então pode acontecer de você pegar um material com os recursos físicos de concreto e na aba físico as informações estarem em branco ou pior, de outro material!

Mas é uma questão de prestar atenção, porque é um recurso excelente!

Gostou? Assine nossa Newsletter e seja avisado por e-mail quando saírem novas publicações!

Curtam nossa página! Facebook! E não esqueça de fazer uma avaliação da página!

Participem do nosso grupo! Grupo QualifiCAD

Dúvidas? Comentem!

Autor

Luis André

Luis André

O Luis André é o fundador do site QualifiCAD.
Mestre em Arquitetura, designer de produto, professor de pós graduação e cursos técnicos, apaixonado por tecnologia, softwares de arquitetura e maquetes eletrônica.

* Mestre em Arquitetura e Urbanismo.
* Arquiteto Urbanista
* Desenhista Industrial (Projeto do Produto)
* Professor de Computação Gráfica, Design de interiores e pós graduação BIM.

Fique a vontade para me adicionar as suas redes sociais! Obrigado por sua visita!

3 Comentários

  1. Avatar
    Flávio
    2 de julho de 2019 at 19:26 — Responder

    Ótimo o seu incansável trabalho, meu amigo como têm ajudado tantas pessoas. Que Deus lhe proteja.

  2. Avatar
    7 de fevereiro de 2020 at 08:07 — Responder

    Oi, estou com um dúvida em relação ao material. Eu configuro o material e na aba “gráficos” eu seleciono uma imagem externa (da net) no meu pc) para a representação na aba realista. Ok, tudo certo, porém, quando abro o arquivo em outro pc, a imagem de referência não permanece no arquivo do Revit, tudo volta a ser cinza. Existe alguma maneira de vincular essa imagem externa dentro do arquivo e não saia? Obrigado

    • Avatar
      18 de fevereiro de 2020 at 20:04 — Responder

      Olá Alan,

      Recomendo que você deixe a imagem salva na mesma pasta em que o seu arquivo foi salvo. Desta forma o Revit consegue localizar a imagem sozinho, evitando este tipo de erro.

      Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *