AUTOCAD

Formatos de Arquivo no AutoCAD

Os formatos de arquivo no AutoCAD vão muito além do tradicional DWG e vira e mexe um desses formatos estranhos acaba caindo na sua mão. Não sabe o que fazer? Aprenda agora sobre os principais formatos de arquivo existentes para AutoCAD!

Sempre que você salva o seu projeto no AutoCAD ele passa a ter a extensão .dwg. Essa extensão é a padrão do AutoCAD mas existem outras extensões que podem ser utilizadas tanto para importação como para a exportação de arquivos, mas antes vamos entender um pouco mais sobre formatos de arquivos.

O QUE SÃO FORMATOS DE ARQUIVOS?

Um formato de arquivo é um padrão na qual as informações são codificadas para armazenamento em um arquivo de computador. Ele especifica como bits são usados ​​para codificar informações em um meio de armazenamento digital. Cada um desses arquivos possui uma extensão própria.

formatos-de-arquivos

Essas extensões são sufixos que nomeiam e identificam o seu formato e determinam a função que o arquivo irá desempenhar o seu computador. Dessa forma cada arquivo tem um funcionamento próprio e com suas próprias características, o que faz com que seja necessário um software apropriado para o seu uso.

Um software não precisa trabalhar exclusivamente com uma única extensão e no AutoCAD não seria diferente. Vamos conhecer as principais extensões de arquivos que temos e entender um pouco sobre cada uma delas.

PRINCIPAIS FORMATOS DE ARQUIVO DO AUTOCAD

DWG – DRAWING

DWG é a extensão padrão de arquivos criados no AutoCAD. Ambientes que trabalhem com a tecnologia DWG tem a capacidade de moldar, desenhar, anotar, medir e até mesmo renderizar. É um dos formatos mais utilizados em projetos 2D, e foi criado em 1982, lançado com a primeira versão do AutoCAD.

formatos-de-arquivos

DWT – DRAWING TEMPLATE

Arquivos DWT são arquivos de modelo (Template) onde eles já vem com alguns recursos e configurações salvas, como por exemplo estilos de cota, texto, layouts, etc.

formatos-de-arquivos

A grosso modo, são a mesma coisa que um arquivo DWG, onde a diferença acaba sendo na aplicação onde o AutoCAD reconhece que arquivos com extensão DWT são arquivos de base, onde um projeto será iniciado. Se você olhar com atenção quando for criar um arquivo novo no AutoCAD perceberá que há uma lista deles.

formatos-de-arquivos

O mais utilizado quando iniciamos um arquivo novo é o acadiso.dwt, isso se deve porque este modelo já vem com o sistema métrico ativado. Caso você escolha o acad.dwt ele vem com o sistema Imperial (polegadas) ativado. tudo bem que você pode corrigir as unidades em ambos arquivos mas se já da pra começar do jeito certo pra que ficar corrigindo depois?

DXF – Drawing Interchange Format

Este formato foi desenvolvido pela Autodesk com o objetivo de permitir a interoperabilidade de dados do arquivo entre o AutoCAD e outros programas. A sua proposta era fornecer uma representação exata dos dados contidos no formato de arquivo nativo do AutoCAD, o DWG.

formatos-de-arquivos

Conforme o AutoCAD foi sendo aprimorado, sendo possível suportar tipos de objetos mais complexos, o DXF foi deixando de ser tão útil, já que recursos como sólidos , blocos dinâmicos entre outros iam além dos limites na qual o DXF poderia documentar em seu formato. Desta forma, muitas aplicações usam o formato DWG mesmo, que pode ser licenciado pela Autodesk.

DWF – DESIGN WEB FORMAT

É um tipo de extensão de arquivos pertencentes a Autodesk. Os conteúdos podem ser em 2D ou 3D e recorrem a um formato vectorial.

formatos-de-arquivos

O formato DWF é próprio para transmissão via Web e redes, sendo comprimido (os arquivos passam a ocupar cerca de 50% menos espaço que o DWG original), além de não ser editável, o que mantém a integridade do arquivo. Hoje através do Autodesk Design Review você poderá aplicar cotas, nuvens de revisão e observações sobre o arquivo.

A partir da versão 2007 do AutoCAD, é possível fazer a inserção do DWF através da ferramenta Xref. Não conhece a ferramenta? Fiz uma publicação sobre ela, de uma olhada. REFERÊNCIAS EXTERNAS.

DWFX – DESIGN WEB FORMAT EXCHANGE

O DWFx é a versão mais recente do formato de arquivo DWF. O DWFx tem base no XML Paper Specification (XPS) e, portanto, pode ser visualizado e impresso com o Visualizador XPS da Microsoft. O Visualizador XPS é um programa gratuito que é distribuído com o sistema operacional Windows.

Os arquivos DWFx geralmente são maiores que os arquivos DWF correspondentes. Normalmente, o formato de arquivo DWFx é usado para compartilhar dados do projeto com revisores que não podem instalar o Autodesk Design Review.

Nota: No momento, o Visualizador XPS da Microsoft não suporta folhas com conteúdo 3D, conteúdo protegido por senha, propriedades do objeto, conteúdo restringido ou coordenadas de mapas geo-referenciados.
BAK – BACKUP FILE

Os arquivos de backup de desenho normalmente são criados toda vez que você salva manualmente um arquivo .DWG. Por padrão, o arquivo será salvo no mesmo local que o arquivo .dwg e terá o mesmo nome do desenho, mas com uma extensão .BAK, por exemplo, casa.bak.

formatos-de-arquivos

Um arquivo de backup é uma cópia exata do arquivo de desenho antes da última operação de salvar. Dessa maneira, os arquivos de backup sempre são uma versão mais antiga do desenho salvo no momento. Somente um arquivo de backup é mantido por vez, por isso backups recém-criados sempre substituirão backups mais antigos do mesmo nome.

Para utilizar um arquivo de backup você deve renomeá-lo com a extensão .DWG.

SV$ – AUTOMATIC SAVE

são arquivos criados automaticamente pelo recurso de salvamento automático. Se o AutoCAD apresentar um erro fatal ou for encerrado de outra maneira anormal durante uma sessão, você poderá recuperar os dados salvos nos arquivos .SV$ localizando o arquivo de salvamento automático, renomeando a extensão .SV$ para DWG e abrindo esse arquivo no AutoCAD.

formatos-de-arquivos

O arquivo de salvamento automático conterá todas as informações do desenho a partir da última vez em que o salvamento automático foi executado. Quando o AutoCAD é encerrado normalmente, os arquivos .sv$ são excluídos. já fiz uma publicação sobre como utilizar estes arquivos, se quiser saber mais clique aqui. FATAL ERROR, O QUE FAZER?.

E OS OUTROS FORMATOS?

Existem diversos formatos de arquivo na qual o AutoCAD trabalha tanto nativamente dentro do programa, como gerando versões de arquivos para serem trabalhados em outros programas. Então essa publicação ficaria enorme, porém os formatos apresentados aqui representam os principais e mais comumente utilizados no seu dia a dia.

Agora que você conhece os principais formatos pode trabalhar com mais tranquilidade e sabe o que fazer com cada um deles.

Gostaram? Curtam nossa página! Facebook!

Participem do nosso grupo! Grupo QualifiCAD!

Dúvidas? Comentem!

Autor

Luis André

Luis André

O Luis André é o fundador do site QualifiCAD.
Mestre em Arquitetura, designer de produto, professor de pós graduação e cursos técnicos, apaixonado por tecnologia, softwares de arquitetura e maquetes eletrônica.

* Mestre em Arquitetura e Urbanismo.
* Arquiteto Urbanista
* Desenhista Industrial (Projeto do Produto)
* Professor de Computação Gráfica, Design de interiores e pós graduação BIM.

Fique a vontade para me adicionar as suas redes sociais! Obrigado por sua visita!

1 Comentários

  1. […] enviar um arquivo digital para a impressora, que são modelos 3D, gráficos computacionais 3D, arquivos CAD, entre […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *