FAMÍLIASREVITANOTAÇÕES

Identificador de elevação interna

Identificador de elevação interna é para você que precisa exibir até quatro elevações e não tem um símbolo configurado do jeito que gostaria. Aprenda a criar o seu agora!

Projetos arquitetônicos e projetos de interiores um dos elementos que precisamos representar com muita frequência são as vistas internas de um ambiente.

identificador-de-elevação-interna

E para uma correta identificação dessas vistas é necessário um simbolo de identificação apropriado, então que tal aprender a criar o seu próprio simbolo de elevação?

IDENTIFICADOR DE ELEVAÇÃO INTERNA

Para acrescentar um identificador de elevação você deve ir até a aba Vista e no painel Criar clicar em Elevação.

identificador-de-elevação-interna

Ao clicar em elevação, é carregado um identificador padrão do template de arquitetura. Porém o problema é que se você for até o painel de Propriedades verá que temos apenas duas opções de identificador.

identificador-de-elevação-interna

Você precisará criar o seu próprio simbolo de elevação. Para isso é necessário criar uma nova família clicando em Arquivo, selecionando Novo e clicando em Família.

identificador-de-elevação-interna

Na janela Nova família, clique na pasta Anotações.

identificador-de-elevação-interna

Selecione o arquivo de modelo com o nome Corpo de marca de elevação métrica e clique em abrir.

identificador-de-elevação-interna

Assim que você abrir o arquivo de modelo, na sua área de trabalho exibirá dois planos de trabalho e uma janela com uma mensagem.

identificador-de-elevação-interna

A mensagem diz:

  • Coloque elementos / etiquetas para representar o corpo da marca de elevação.
  • Carregue uma família de ponteiros e coloque as instâncias onde você deseja que as setas estejam disponíveis no projeto.
  • O ponto de inserção está na interseção dos planos de referência.
  • Exclua esta nota antes de usar.

Não se preocupe se não ficou muito claro o que a mensagem quis dizer, no passo a passo a seguir você vai entender o que cada uma quer dizer e o momento correto de aplicá-las. Pode excluir a mensagem.

Observe também que estamos em um outro ambiente de trabalho, então não se assuste quanto aos menus serem totalmente diferentes de um arquivo que desenvolvemos um projeto.

identificador-de-elevação-interna

A primeira coisa que você deve fazer é desenhar o identificador de elevação, para isso vá até a aba Criar e no painel Detalhe clique em Linha.

identificador-de-elevação-interna

Ao clicar em Linha, você será direcionado para a aba Modificar|Colocar linhas. Aqui você terá as ferramentas de desenho.

identificador-de-elevação-interna

Desenhe o identificador de elevação conforme a imagem e medidas a seguir:

identificador-de-elevação-interna

As cotas são apenas para você ter uma referência, não precisa colocá-las e se quiser pode personalizar o tamanho e formato do identificador conforme preferir.

Ao finalizar o desenho selecione todas as linhas e rotacione 45°.

identificador-de-elevação-interna

Não sabe usar a ferramenta rotacionar no Revit? Veja esta publicação que fiz explicando como usar:

ROTACIONAR OBJETOS – REVIT

Pronto! Encerramos a primeira etapa. Salve esta família com o nome de Elevação interna.

identificador-de-elevação-interna

Agora precisamos criar as “Setas” para cada elevação. Para este processo, vamos usar um recurso chamado de família aninhada.

O que é essa “Família aninhada”?

A grosso modo, Família aninhada é quando temos uma (ou mais) família dentro de outra. Este processo oferece algumas vantagens, que no nosso caso é preservar a orientação do texto e permitir que coloquemos quatro setas de elevação dentro da mesma família, permitindo assim que estas elevações sejam ativadas independentemente, de acordo com sua necessidade.

FAMÍLIAS DE SETA ANINHADAS

Então o que vamos fazer agora é criar mais quatro famílias, uma para cada seta. Mas fique tranquilo, são famílias muito simples. Para ganharmos tempo, selecione as linhas da “caixa” que acabamos de criar e use o comando Ctrl + C.

identificador-de-elevação-interna

Agora vamos repetir o processo e criar uma nova Família de Corpo de marca de elevação métrica.

identificador-de-elevação-interna

Na área de trabalho da nova família, use o comando Ctrl + V e cole as linhas importadas. Você pode colar em qualquer lugar, mas após colar mova para o centro da área de trabalho.

identificador-de-elevação-interna

Para criar a primeira seta, vamos primeiro adicionar o seu respectivo parâmetro, para isso na aba Criar vá ao campo Texto e clique em Legenda.

identificador-de-elevação-interna

Clique em qualquer ponto da tela para abrir a janela Editar legenda. Adicione a legenda Nome da vista e dentro de Parâmetros de legenda, no campo Valor da amostra escreva Vista.

identificador-de-elevação-interna

Clique em Ok para finalizar. Posicione a nova Legenda na parte superior e não esqueça de centralizar o texto no campo Alinhar na horizontal.

identificador-de-elevação-interna

Precisamos acrescentar mais uma legenda, para identificar o número da vista. Vá novamente na aba Criar vá ao campo Texto e clique em Legenda.

identificador-de-elevação-interna

Na janela Editar legenda adicione a opção Número de detalhe e em Valor de amostra coloque o valor 0 (zero).

identificador-de-elevação-interna

Aqui seria mais interessante trabalharmos com uma fonte de texto maior, porém se você selecionar a Legenda vai observar no campo Propriedades que só temos a opção 2.5mm. Clique em Editar tipo.

identificador-de-elevação-interna

Na janela Editar tipo clique em Duplicar.

identificador-de-elevação-interna

Renomeie com o tamanho da fonte que deseja usar. No meu exemplo, vou utilizar uma fonte de 4mm.

identificador-de-elevação-interna

Antes de finalizar, vá até o campo Tamanho do texto e altere o tamanho da fonte, no meu caso vou alterar para 4mm.

identificador-de-elevação-interna

Clique em Ok e altere o tamanho da fonte da legenda para 4mm e centralize o texto.

identificador-de-elevação-interna

Antes de prosseguir vamos deletar as linhas deixando apenas o triangulo correspondente a nossa seta.

identificador-de-elevação-interna

Agora vamos criar a “seta” propriamente dita. Na aba Criar, dentro do painel Detalhes clique em Região Preenchida.

identificador-de-elevação-interna

Você será direcionado para a aba Modificar|Criar limite da região preenchida. Agora é só aproveitar o retângulo que deixamos como referência e desenhar por cima dele a nossa seta.

identificador-de-elevação-interna

Quando finalizar o desenho basta confirmar no campo Modo.

As vezes, pode acontecer do preenchimento não ter ficado sólido. Se isso acontecer, basta selecionar a região preenchida e no painel Propriedades clicar em Editar tipo. Na janela Editar tipo, localize o campo Padrão de preenchimento de corte e selecione Preenchimento sólido.

identificador-de-elevação-interna

Agora precisamos converter esta família em “seta”, para isso de Esc para garantir que nenhum objeto está selecionado e no painel Propriedades altere o campo Uso de marca de elevação para Ponteiro.

identificador-de-elevação-interna

Pronto! Primeira família pronta. Alias de certa forma as quatro famílias estão.

Como assim as quatro estão prontas?

Simples, as famílias são na verdade idênticas, então o que precisamos na verdade é que salvemos esta família quatro vezes com nomes diferentes.

Entenda que este processo é necessário já que não é possível usar uma única família várias vezes e obter resultados diferentes. Então salve esta família com os nomes Seta 1, Seta 2, Seta 3 e Seta 4. Mas conforme as famílias forem salvas vamos carregando elas no arquivo Elevação interna.

O processo é bem simples, salve a primeira seta com o nome de Seta 1. Após salvar vá até o menu superior e no painel Editor de família clique em Carregar no Projeto.

identificador-de-elevação-interna

Caso você tenha outros projetos é comum ser exibida a janela Carregar no projeto, então basta selecionar a opção Família Interna (ou o nome que você escolheu para a família).

identificador-de-elevação-interna

Insira a Seta 1 no seu arquivo e mova para a posição superior alinhada a geometria que desenhamos anteriormente.

identificador-de-elevação-interna

Após fazer o alinhamento sua família deve estar com essa aparência.

identificador-de-elevação-interna

Agora você deve voltar ao arquivo Seta 1 (você pode manter o botão Ctrl pressionado e ir apertando a tecla Tab para trocar de arquivo, até chegar novamente ao arquivo Seta 1). De volta ao arquivo você deve salvá-lo como Seta 2 e novamente carregá-lo no arquivo Elevação interna.

identificador-de-elevação-interna

Agora você deve rotacionar a família Seta 2 e encaixá-lo na geometria.

identificador-de-elevação-interna

Repita o processo criando as famílias Seta 3 e Seta 4. Quando você finalizar sua família deve estar assim.

identificador-de-elevação-interna

Agora basta carregar esta família em um arquivo de projeto. Vou carregar para um template que estou desenvolvendo, clicando em Carregar no Projeto.

identificador-de-elevação-interna

Ná próxima página vamos para a etapa de configuração do Identificador de elevação.

Autor

Luis André

Luis André

Fundador do QualifiCAD, arquiteto, designer de produto, mestre em arquitetura, apaixonado por tecnologia, softwares de arquitetura e maquetes eletrônica. É leitor de quadrinhos e ilustrador nas horas vagas, mas ocupa quase todo tempo produzindo conteúdo para o site. Mas ama fazer isso!

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *