ANOTAÇÕESMASSA E TERRENOREVIT

Linha de divisa do Terreno

Linha de divisa do terreno permite que você represente os limites do lote com base na descrição técnica que consta na matrícula imóvel. Aprenda agora!

Antes de sair desenhando é importante entender que a linha de divisa é um elemento muito importante em um projeto, sendo que fazer a sua representação de forma incorreta pode gerar uma série de problemas, inclusive problemas judiciais, como desrespeito aos recuos mínimos ou mesmo a construção invadir o terreno do vizinho!

Certo, mas onde eu consigo essa informação?

O ideal é realizar um levantamento planialtimétrico (topográfico) para levantar todas as informações necessárias e fazer a conferência da documentação do terreno, no caso, confrontando a informações levantadas com as informações descritas na matrícula da propriedade. Mas, o que é essa tal de matrícula?

O QUE É UMA MATRÍCULA?

Assim como o RG é seu “documento de identidade” a matrícula do imóvel é um documento que comprova a existência do imóvel, contendo um histórico completo de todas as ocorrências relativas à propriedade, desde identificação, localização com dimensões e confrontações, transações de compra e venda, desmembramento, etc.

Linha-de-divisa

Através da matrícula você pode saber se a pessoa que pretende construir é realmente proprietário legítimo daquele espaço! Mas o que nos interessa neste momento é a descrição técnica do lote.

A grande dor de cabeça que encontramos em uma matrícula é a sua descrição. Conforme a Lei Federal número 6.015, de 31 de dezembro de 1973, conhecida como Lei de Registros Públicos, a descrição do imóvel era determinada de forma muito genérica, exigia-se informações de identificação do imóvel, características, confrontações, localização e área.

Como os termos eram genéricos a interpretação também era genérica, uma vez que não era solicitado ângulos como azimutes ou rumos para descrever o imóvel. Vamos usar um exemplo simples: “Matrícula X.XXX: 10 metros de frente para a Avenida Brasil, 25 metros do lado esquerdo, 25 metros do lado direito e 10 metros nos fundos”.

Até aí parece que esta tudo ok, mas se você usar um básico de geometria já é possível se chegar em diversos resultados diferentes.

Linha-de-divisa

Infelizmente as matrículas podem ser encontradas de diversas formas, sendo que em alguns casos temos uma descrição bem elaborada das divisas e confrontações, apresentando os rumos, azimutes e toda as informações necessárias, já em outras a descrição mal serve para saber o tamanho do lote.

Vou dar apenas dois exemplos, sendo o primeiro uma versão “ligue os pontos”. Perceba que essas informações são impossíveis de serem representadas em um projeto de forma precisa.

Linha-de-divisa

Já abaixo, temos um exemplo com informações que permitem uma representação mais precisa da divisa do terreno, lembrando que mesmo assim só ao inserir estes dados no terreno é que vamos saber o quão preciso foi o levantamento.

Linha-de-divisa

Já em uma situação ideal temos estas informações em um levantamento planialtimétrico, geralmente em um formato CAD, o que facilita muito a nossa vida, afinal podemos importar o arquivo em formato DWG para dentro do Revit.

Linha-de-divisa

Outro aspecto importante é a correta representação do terreno dentro do Revit, afinal de nada servem coordenadas precisas se o seu terreno não tiver sido representado corretamente.Vou recomendar algumas publicações que fiz que podem ser úteis:

GUIA BÁSICO DE COORDENADAS NO REVIT

CRIAR TOPOGRAFIA COM DWG – REVIT

Mas além disso precisamos compreender outra informação importante, o que são rumos e azimutes?

O QUE É AZIMUTE?

Imagine um terreno retangular, onde temos a informação da direção norte e os comprimentos das suas linhas de divisa. Cada uma dessas linhas tem um ponto de início e um ponto de fim e a essas linhas damos o nome de alinhamento. Já ao comprimento da linha damos o nome de extensão.

Linha-de-divisa

Vamos traçar uma linha na direção Norte a partir do início de um dos alinhamentos do terreno. Agora vamos conferir a relação angular entre essas duas linhas.

Linha-de-divisa

O valor obtido entre a relação angular do alinhamento em relação ao alinhamento norte damos o nome de azimute. Seu valor sempre vai variar entre 0 e 360°, iniciando-se sempre em sentido horário a partir do norte geográfico.

Linha-de-divisa

Para se obter os azimutes dos alinhamentos do terreno é necessário conferir cada uma das linhas.

Linha-de-divisa

Observe foi respeitado o ponto de início do alinhamento e conferido o ângulo do mesmo em relação ao norte. Estes são os valores de azimute dos alinhamentos deste terreno. Os valores são expressos em graus, minutos e segundos. Só por precaução, não se esqueça, 1 grau corresponde a 60′ (minutos) e 1′ (minuto) corresponde a 60″ (segundos).

O QUE É RUMO?

A partir do momento em que sabemos para que direção está apontado o norte, podemos determinar os pontos cardeais, no caso NorteSul, Leste e Oeste.

Linha-de-divisa

Com isso obtemos quatro quadrantes, que podemos identificá-los como pontos colaterais, no caso Nordeste, Sudeste, Sudoeste e Noroeste.

Linha-de-divisa

Vamos imaginar novamente um terreno retangular, onde temos a informação da direção norte e os comprimentos das suas linhas de divisa.

Linha-de-divisa

Agora, devemos traçar uma linha indicando o eixo Norte/Sul a partir do início de um dos alinhamentos do terreno. Nesta etapa precisamos fazer uma análise, identificando se o alinhamento escolhido esta mais próximo no norte ou do sul. No exemplo escolhido, o alinhamento está mais próximo no norte.

O valor obtido aqui é o Rumo. Inicialmente ele pode ser parecido com o azimute, porém temos uma diferença, que é o fato de que os rumos são o menor ângulo formado entre a direção norte e sul e um alinhamento, partindo sempre da ponta norte ou da ponta sul (a que estiver mais próxima). Ele nunca tem valor negativo. e o valor angular do rumo não ultrapassa 90°.

Sendo assim, vamos analisar os outros alinhamentos do terreno e perceber a diferença que temos em relação ao azimute.

Linha-de-divisa

Observe que alguns dos valores ficaram mais próximos do eixo norte e outros valores mais próximos do eixo Sul, mas nenhum deles ficou com valores acima de 90°. Também não temos nenhum valor negativo. Outro fator importante é a localização do valor em relação aos pontos colaterais.

Linha-de-divisa

Sendo assim, além dos valores em ângulo do Rumo, precisamos identificar o seu respectivo quadrante, gerando o resultado abaixo:

Linha-de-divisa

Agora que sabemos como obter as informações necessárias, vamos para o que interessa, criar a linha de divisa dentro do Revit.

LINHA DE DIVISA

Para criarmos uma linha de divisa precisamos, obviamente, de um terreno. Vou usar um arquivo de um lote urbano, com o terreno já criado dentro do Revit.

Linha-de-divisa

Neste arquivo a linha de divisa do terreno já esta representada em azul.

Linha-de-divisa

Para acessar a ferramenta vá até a aba Massa e terreno, painel Modificar terreno e clique na opção Linha de divisa.

Linha-de-divisa

Lembre-se que este é um recurso de vista, ou seja, a linha de divisa só é visível na vista em que for desenhada. Ao clicar em Linha de divisa, será exibida a janela Como deseja criar as linhas de divisa. Como já tenho a linha de divisa representada (ela já existe no arquivo dwg) vou clicar na opção Criar ao desenhar.

Linha-de-divisa

Aqui o processo é bem simples, basta usar as ferramentas do modo de croqui e desenhar as Linhas de divisa.

Linha-de-divisa

Ao finalizar o desenho basta finalizar o modo de croqui.

Linha-de-divisa

Pronto! Agora podemos visualizar as Linhas de divisa do terreno.

Linha-de-divisa

Esta é uma das formas de se criar linhas de divisa (no caso, a mais simples e rápida), mas em alguns casos, não temos um desenho com os limites do terreno, então precisamos recorrer a outra opção, no caso a criação da linha de divisa inserindo distâncias e rumos (sim, a tradução esta bem ruim).

Linha-de-divisa

Quando você seleciona a opção Criar ao inserir distâncias, ao invés do modo de desenho ser habilitado, será exibida uma tabela.

Linha-de-divisa-

Nesta tabela você precisa inserir as distâncias e rumos dos limites do seu terreno.

Mas onde eu consigo isso?

Na matrícula do terreno! Agora você será capaz de entender porque nem toda matrícula irá lhe fornecer todas as informações necessárias para representar com precisão as linhas de divisa do terreno.

Apenas como comparativo, vou utilizar as distâncias e rumos presentes no mesmo arquivo topográfico para refazer as linhas de divisa digitando os valores na tabela, ao invés de usar a opção de desenhar.

Linha-de-divisa-

Vou transcrever as informações e valores das linhas de divisa do terreno.

  • 289°00’40” – 14,76m
  • 202°01’31” – 34,03m
  • 109°07’00” – 14,61m
  • 22°17’11” – 34,07m

Observe que temos quatro valores, sendo um para cada linha de divisa, informando seu respectivo comprimento e azimute. Porém, no Revit devemos inserir os rumos, portanto será necessário converter estes valores. Se você tentar inserir qualquer valor maior que 90° será exibida uma mensagem de alerta.

Linha-de-divisa

Nossa, lá vem aquele monte de fórmulas complicadas…

Fique tranquilo, a conversão é super simples, vai depender do quadrante onde o se encontra o valor do azimute, conforme imagem abaixo:

Linha-de-divisa

O que nos dá o seguinte resultado (lembre-se de subtrair os minutos e segundos corretamente):

  • 289°00’40” – 360° = N70°59’20″O
  • 202°01’31” – 180° = S22°’01’31″O
  • 180° – 109°07’00”= S70°53’00″L
  • 22°17’11” = N22°17’11″L

Agora vamos adicionar os valores de alinhamento (comprimento dos rumos), assim teremos os dados necessários para preencher a tabela.

  • N70°59’20″O – 14,76m
  • S22°’01’31″O – 34,03m
  • S70°53’00″L – 14,61m
  • N22°17’11″L – 34,07m

Agora chegou o momento de fazer o preenchimento da tabela, para facilitar vou fazer uma breve descrição dos campos:

  • Distância: Insira o valor do alinhamento (comprimento).
  • N/S: Especifique se o valor de ângulo do rumo se inicia em Norte ou Sul.
  • Superfície de apoio: Insira o valor do rumo aqui.
  • L/O: Especifique se o valor de ângulo do rumo se finaliza em Leste ou Oeste.
  • Tipo: você pode definir se o alinhamento é uma linha ou um arco.
  • Raio:  Só é habilitado caso tenha escolhido arco na opção Tipo, permitindo definir o valor de raio.
  • E/D: Em arcos, selecione D se o arco aparece à direita da linha e E se o arco aparece a esquerda da linha.

Você pode adicionar quantas linhas forem necessárias para definir as divisas do seu terreno. Também há a opção de ao invés de adicionar uma última linha, clicar em Adicionar linha para fechar, para que o Revit se encarregue de fechar o perímetro. Ao finalizar o preenchimento da tabela de linha de divisa, basta clicar em Ok.

Linha-de-divisa

Observe que as linhas de divisa não são inseridas automaticamente, você precisa posicioná-las manualmente, afinal as informações que colocamos na tabela de linhas de divisa só explicam como essas linhas se relacionam entre si e em relação aos pontos cardeais (Norte, sul, leste e Oeste), mas não temos nenhum campo informando sua coordenada absoluta.

Linha-de-divisa

Mas como eu faço para posicionar corretamente o meu terreno?

Novamente, você vai precisar de mais informações. Onde para uma informação precisa o ideal seria um levantamento geodésico do terreno. No meu caso, como fiz a partir de um levantamento topográfico, vou utilizar um ponto de referência do próprio arquivo do AutoCAD, onde já deixei posicionado o Ponto base do projeto (recurso do próprio Revit).

Linha-de-divisa

Apenas para conferir vou exibir o arquivo dwg do AutoCAD que já havia sido importado para este arquivo.

Linha-de-divisa

Observe que as linhas de divisa do terreno se encaixaram exatamente nos alinhamentos existente no arquivo do AutoCAD, com a diferença que eu preenchi a tabela de linhas de limite ao invés de desenhá-los. Então percebemos que se os valores forem corretos, o Revit pode sim representá-los de forma correta e precisa.

Caso você tenha criado as linhas de divisa com o recurso Criar ao Desenhar, é possível converter as linhas de divisa em uma tabela. Selecione a linha de divisa e na aba Modificar|Linha de divisa clique em Editar tabela.

Linha-de-divisa

Clicando em Editar tabela será exibido uma mensagem de alerta.

Linha-de-divisa

Apesar do texto enorme o alerta só está explicando que este processo é irreversível. Pode clicar em Ok.

Linha-de-divisa

Pronto! Convertido. Perceba que as linhas de divisa não são alteradas, a única alteração é que seus valores e medidas são inseridos na tabela.

Agora você já é sabe o processo correto de criação das linhas de divisa do seu terreno, sem o risco de inserir valores incorretos.

Gostou? Assine nossa Newsletter e seja avisado por e-mail quando saírem novas publicações!

Gostaram? Curtam nossa página! Facebook! E não esqueça de fazer uma avaliação da página!

Participem do nosso grupo! Grupo QualifiCAD

Dúvidas? Comentem!

Autor

Luis André

Luis André

Olá, sou o Luis André é responsável por todo o conteúdo do site QualifiCAD.

Sou arquiteto a mais de 10 anos, e nessa jornada tive que aprender a trabalhar com diversos softwares e aqui eu compartilho tudo o que aprendi ao longo da minha jornada no mundo da arquitetura e construção civil.

Sou mestre em Arquitetura e graduado em arquitetura e urbanismo. Também sou graduado em desenho industrial (projeto do produto).

Tenho certificações como Autodesk Certified Professional (AutoCAD, Revit e 3DS max) e Autodesk Certified Instructor.

Fique a vontade para me adicionar as suas redes sociais! Obrigado por sua visita!

7 Comentários

  1. Avatar
    Jorge Enéas
    29 de junho de 2020 at 14:53 — Responder

    Olá Luís,
    Como seu seguidor aqui, gostaria de manifestar com muito obrigado em postar uma matéria tão importante para as pessoas.
    Mais uma vez, gostaria de saber ser V.Sas. poderia me ajudar em uma dúvida que tenho, pois, preciso fazer uma planta de situação no Revit e tenho a seguinte dúvida:
    1- As linhas tem que ser em 2D,
    2- As cotas seriam normais,
    3- Como manipular o Carimbo, pois a mesma é para um inventário, essas são as minhas dúvidas.
    desde já, agradeço pelas atenção …
    grato

    Enéas

    • Avatar
      30 de junho de 2020 at 08:21 — Responder

      Olá Jorge,

      Obrigado pelo Feedback.Sobre as suas dúvidas:

      1 – As linhas podem ser em 2D,mas o ideal é que sejam em 3D, afinal vc vai querer usar o arquivo para modelar o terreno.
      2 – Não entendi sua dúvida com as cotas.
      3 – Sobre o carimbo, fiz uma publicação que pode lhe ajudar,segue link:

      https://qualificad.com.br/criar-folha-com-carimbo-no-revit/

      Um abraço!

  2. Avatar
    Marcos Martins
    10 de julho de 2020 at 23:06 — Responder

    Fala André!

    Passando pra dizer que fiz o teste com os mesmos dados do tutorial e que porém a linha criada ficou invertida.
    A solução pra isto seria apenas alterar os sentidos (N para S e L para O, e vice versa) para que as medidas fiquem conforme a imagem do mapa.
    Acredito que seja pelo fato de o sistema tomar como referência o ponto da DIREITA da linha (Letra D na última coluna) o que inverte os sentidos.

    Valeu! Abraço parceiro!

    • Avatar
      29 de julho de 2020 at 14:25 — Responder

      Olá Marcos,

      Obrigado pela contribuição!

      Um abraço!

  3. Avatar
    Jeferson Borba
    15 de agosto de 2020 at 20:47 — Responder

    Luis André, sempre me apoio nas orientações da QualifiCAD, alto padrão.
    Modelei as linhas de divisa do terreno e ao clicar sobre as mesmas, nas suas propriedades mostra a área determinada por elas, mas como obter o dado da área do terreno para colocá-lo nos Parâmetros de projeto, por exemplo?

    • Avatar
      13 de setembro de 2020 at 22:10 — Responder

      Olá Jeferson,

      Acredito que uma opção rápida seria você usar o recurso de Dividir superfície, assim teria uma área específica para obter essa informação. Caso eu encontre uma forma mais simples eu compartilho aqui.

      um abraço!

  4. Avatar
    Ernani
    18 de agosto de 2020 at 09:45 — Responder

    Muito bom. Obrigado por compartilhar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *